quinta-feira, 16 de junho de 2016

Galeria do Tantra - Rudrananda Saraswati




Após a transmissão do Mantra de Kali em Ivoti - RS.






Devotos que receberam o Mantra de Kali em Ivoti - RS.






Transmissão do Mantra de Kali. MahaShanti Yoga, Rio de Janeiro - RJ.






Cerimonia de casamento de devotos. Residencia, São João Del Rey - MG.





 

Sadhakas, praticantes de disciplinas espirituais. Kalika Mathika, Rio de Janeiro - RJ.






Conversando sobre Hinduismo. Durante o programa Menorah transmitido pela Radio Manchete AM. Estudio, Rio de Janeiro - RJ.







Junto ao Bali Yupa do Templo de Kali no complexo de Templos de Kamakhya. Kamakhya - India.






Cerimonia Tantrica de fogo realizada a meia-noite. Recebendo novos Sadhakas. Próximo ao campo crematório de Kamakhya, Guwahati - India.






Em um Yajña, cerimonia de fogo, durante peregrinação aos locais sagrados da Mãe Divina, os Shakti Pithas. Templo de Kamakhya - India.






Ultimos Ahutis, oblações, ao fogo sagrado do Havana. Próximo ao campo crematório de Kamakhya, Guwahati - India.






Coletiva de imprensa após conversão oficial ao Hinduismo. Sala de Imprensa Municipal, Guwahati - India.






Em Puja ao Senhor Shiva. MahaShanti Yoga, Rio de Janeiro - RJ.






Recebendo o Darshana, a visão espiritual, de Mãe Kali junto a Swami Bhajanananda Saraswati. Kali Mandir, Laguna Beach - EUA.






Em serviço sacerdotal do Templo, antes de recitar os mil nomes do Senhor Shiva. Devi Mandir, Napa - EUA.






Entre os Swamis Adaityananda Saraswati e Ekatmananda Saraswati, que na época eram Brahmacharis. Templo principal do Devi Mandir, Napa - EUA.






Ao lado do Shiva Linga consagrado no Ashram de seu Guru. Devi Mandir, Napa - EUA.






Momento onde os pais oferecem os primeiros grãos, a primeira alimentação sólida à criança. AnnaPrashana Samskara. Residencia dos devotos, Rio de Janeiro - RJ.






Oficiando o Samskara, o rito de transição, chamado AnnaPrashana, quando a criança recebe os primeiros em sua alimentação. Uma cerimonia de fogo é realizada. Residencia dos pais da criança, Rio de Janeiro - RJ.






Preparativos para a Puja do festival do MahaShiva Ratri, dedicado ao Senhor Shiva. MahaShanti Yoga, Rio de Janeiro - RJ.






Antes de uma Puja à Mãe Kali. Residencia, Rio de janeiro - RJ.






Na condição de representante comercial da Clinica e Instituto de Pesquisa Chakrapani, situada em Jaipur - India. Acompanha o Vaidya (Médico Ayurvédico) Rajesh Kotecha. Instituto NaraDeva Shala, São Paulo - SP.






Após anos de estudo de Sânscrito na UERJ e em aulas particulares. Foi autorizado por seu professor a ministrar aulas de introdução à este idioma e cria o Instituto Sir John Woodroffe. Rio de Janeiro - RJ.






Kali Puja. Residência de devotos, Marica - RJ. 






Muitos anos de estudo e preparo se passaram, já havia aceitado um Guru no coração e os estudos estavam melhor estruturados. Na foto uma Puja ao Senhor Ganesha. Instituto SvaDharma, Rio de Janeiro - RJ.






Em 1986 houve o primeiro Darshana, visão espiritual, de Kali. Na época não se sabia nada sobre Tantra ou sobre a Mãe do Universo. Coincidentemente (? ;) ), alguns meses depois, recebia de presente, através de um amigo, uma edição do MahaNirvana Tantra. A foto de 1991 já mostra um jovem devoto ao lado do Altar dedicado à Mãe Kali. Residencia, Campo Grande - MS.

sexta-feira, 3 de junho de 2016

Datas Auspiciosas de Junho de 2016






Existem dias que são especiais para a realização de disciplinas espirituais pois neles acontecem momentos astrológicos específicos que aumentam os méritos (Punya) adquiridos pelas ações executadas. Os devotos que desejam progredir em suas atividades profissionais e pessoais devem agradecer através da meditação e das ofertas de gratidão (Dravyas). Para aqueles que não possuem interesses com as coisas do mundo, ex. celibatários e monges, o agradecimento pode ser feito apenas recitando os Mantras mentalmente. Há cinco dias muito auspiciosos para a celebração do dom da vida (Yajña). Seguem abaixo as datas de Yajña, o ideal de perfeição à ser atingido (Devata), as palavras de poder (Mantra) e a oferta de gratidão (Dravya). .

Chaturthi, dia 08 – Dia de remover os obstáculos que para garantir o sucesso em todos os empreendimentos. Mantra:
गणेशाय नमः  “OM Gaṇeśāya Namaḥ  recitado 108 vezes. Dravya: doces.

Saptami, dia 11 – Dia de agradecer pela boa saúde, boa reputação e harmonia. Mantra:
सूर्यदेवाय नमः  “OM Sūryadevāya Namaḥ”  recitado 108 vezes. Dravya: agua fresca.

Ashtami, dia 12 – Dia de se fortalecer pra obter alegrias na vida e a Liberação Final (Moksha). Mantra:
ॐ काल्यै नमः  “Om Kālyai Namaḥ” recitado 108 vezes. Dravyas: agua perfumada com cânfora, flores vermelhas (Hibisco). .

Ekadashi, dia 15 – Dia de lembrar os mais altos ideais: o Yajña e as austeridades espirituais. Mantra:
ॐ विष्णवे नमः  “Om Viṣṇave Namaḥ” recitado 108 vezes. Dravya: folhas de Tulasi (Ocimun Sanctum).

Chaturdashi, dia 18 – Dia de meditar como um benéfico observador de todas as ações. Mantra:
ॐ नमः शिवाय  “Om Namaḥ Śivāya” recitado 108 vezes. Dravya: folhas de Bilva (Aegle Marmelos).


Para os Sadhakas iniciados as escrituras Tantricas dão uma lista de ocasiões auspiciosas para suas disciplinas espirituais.
कृष्णाष्टमीचतुर्द्दश्यावमावास्याथ पूर्णीमा।
संक्रान्तिः पञ्च पर्वाणि तेषु पुण्यदिनेषु च॥ ८॥
kṛṣṇāṣṭamīcaturddaśyāvamāvāsyātha pūrṇīmā |
saṁkrāntiḥ pañca parvāṇi teṣu puṇyadineṣu ca || 8 ||

“ O oitavo, o décimo-quarto e o Amavasya da quinzena escura, a lua cheia, e o dia de transição do Sol entre os signos são as cinco ocasiões auspiciosas para adoração. " 
Kularnava Tantra, capítulo X verso VIII.

Em Junho de 2016 estes dias auspiciosos serão:
dia 03 – Chaturdashi (décimo-quarto dia da quinzena escura);
dia 04 – Amavasya (“Lua Negra”, a noite mais escura do mês lunar);
 dia 15 – Sankranti (Sol entra no signo de Gemini/Gemeos);
dia 19 - Purnima (Lua cheia);
dia 27 – Ashtami (oitavo dia da quinzena escura); .

Mêses Védicos: Vaishaka - do dia 01 até o dia 04. No dia 05 de Junho começa o mês Védico de Jyeshtha.

Neste mês os Doshas da Medicina Ayurvédica sofrem a seguinte influencia:
Pitta alivia-se e seus sintomas podem reduzir a frequência.
Vata não sofre alterações relevantes;
Kapha acumula-se.

Os três biotipos reconhecidos pelo Ayurveda são Kapha, Pitta e Vata e cada pessoa apresenta uma particular distribuição destes três. Á cada período do ano, de acordo com as mudanças de temperatura, umidade, exposição a luz solar etc ... estes Doshas podem acumular-se, agravar-se ou aliviar-se. Para manter o equilíbrio são recomendados alimentos apropriados e práticas espirituais especificas.