terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

Modakas para Shri Ganesha





Ganesha é a Deidade que confere opulencia á cada um de nossos atos. Sua cabeça de elefante branco representa os mais altos ideais. Suas mãos superiores que carregam um laço e um aguilhão representam os nossos apegos e as nossas aversões e o consequente controle consciente sobre estas tendencias.

Seu festival, chamado de Ganesha Chaturthi é uma Naimittika Puja, ou seja, uma celebração, uma Puja, feita fora dos padrões rotineiros. Esta outra é chamada de Nitya Puja, ou seja, uma Puja de rotina. O que transforma uma data qualquer em uma data de festival é a nossa conexão, o nosso alinhamento com os motivos daquela celebração da mesma forma que a data da celebração das Bodas de Prata (25 anos de casamento) do senhor e senhora Albuquerque só são significativos para as suas famílias e amigos. É o nosso poder espiritual de consagração que torna momentos, pessoas ou objetos especiais. O festival só acontece para aqueles que agem e tornam aquele dia um dia diferente; um Guru só está presente para aqueles que consagraram um homem ou mulher comuns como representantes de Shiva e Shakti; uma estátua só deixa de ser um mero objeto de decoração e torna-se uma Murti (materialização da Divindade) entre aqueles que dedicaram a ela seu carinho especial através dos ritos prescritos.

As Modakas são o doce favorito de Ganesha e são tradicionalmente preparadas para Ele em todos os Chaturthi (quarto dia da quinzena lunar) e principalmente no seu festival anual que acontece no quarto dia do mês Védico de Bhadrapada que em 2019 será no dia 02 de Setembro.

Esta é uma receita especial criada por Shree Maa, a Mãe Santa responsável pelo Templo Devi Mandir da Califórnia. 

Ingredientes:
Duas xicaras de ricota
Uma colher de sopa de ghee
Açúcar mascavo
Leite em pó
Côco ralado

Instruções
1.      Derreta um pouco de ghee numa panela não-aderente.
2.      Acrescente a ricota e cozinhe em fogo baixo.
3.      Acrescente o açúcar mascavo (quatro colheres de sopa) e o leite em pó e continue à cozinhar em fogo brando. A mistura se tornará semi-sólida porém não dura.
4.      Tire do fogo e deixe esfriar por alguns minutos.
5.      Em outra panela, frite o côco ralado e o açúcar mascavo.
6.      Coloque um pouco de ghee nas palmas das mãos e então faça pequenos círculos com a camada externa (de côco e açúcar mascavo).
7.      Coloque o recheio interno de ricota e faça bolinhas no formato de Modakas (tipo pequenos bombons).

Ofereça em frente à uma representação de Ganesha que pode ser um poster ou uma pequena estatueta. Acenda uma vareta de incenso e, se possivel faça uma lamparina usando um pedacinho de algodão embebido em ghee. Recite o Mantra de Ganesha:
" Om Gaṇapataye Namaḥ " (ॐ गणपतये नमः).
Jaya Shri Ganesha.





2 comentários:

Taninha R. de Castro disse...

Pensei que ladus fossem os doces favoritos de Lord Ganesha ou modakas é o mesmo doce?

Rudrananda Saraswati disse...

A palavra "Modaka" vem do Sânscrito e significa "um doce de forma redonda". O termo tem uma aplicação genérica para doces em geral. "Ladu" (लड्डु - laḍḍu) é o nome dado à doces feitos com farinha de grãos como grão-de-bico e outros.